sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Decifrando as fanfics - Inicio da Saga



Fan fiction, Fanfic, fic...
Você já ouviu ou já leu algo relacionado a essas palavras acima? Se sim, você esta no lugar certo. Se não, bem vindo ao mundo das historias criadas por fãs.
Muitas pessoas já devem ter pensado a seguinte frase: “Eu faria diferente o final.”
Ou: “Não gostei, se fosse eu teria feito melhor.” Ui
E também tem: “Agora que a historia acabou o que vai ser da minha vida?”
Muitas pessoas se veem nessas ou em outras situações quando assistem filmes, séries e desenhos. Ou leem histórias em quadrinhos e livros.
Algumas apenas ficam aguardando a vida voltar a ser colorida novamente, mas há pessoas que arregaçam as mangas invisíveis, e escrevem suas próprias histórias. A diferença é que elas utilizam os personagens daquele filme, série, livro, etc. Plágio? Bem, isso é um caso delicado que eu não vou entrar em questão no momento.
Com suas ideias na cabeça e criatividade – as vezes nem tanto –, iniciam as tais fanfics.
Agora vou lançar mais uma palavrinha nova para você entender o mundo das fic.
Ficwriter é a pessoa que escrever fanfictions. Até aí tudo bem não é? Mas fica mais complicado quando você quer mostrar sua história para outras pessoas.
Existem diversas formas de você apresentar ao mundo suas ideias. Mas nem sempre elas serão bem aceitas, é aquela velha história “Não dá para agradar a todos.”
Há fóruns, blogs e sites que aceitam fanfictions. Ou você cria o seu, ou então cadastra-se em um deles.
Depois de cadastrado no site (leia as regras de postagem) e assim adicione sua história.
Viva! Agora todos irão ler sua história, se emocionar e dividir com você as emoções, os dramas e a felicidade de seus personagens. Isso nos leva para o próximo passo.
Os comentários, ou também conhecidos como reviews.
Essa é a prova de fogo dos escritores de fanfics.
Algumas vezes os tais comentários nunca chegam para te alegrar. Outras, quando chegam, te desanima até a sétima geração. Mas as vezes, existem pessoas que te animam tanto que faz você escrever mais e mais e mais.
Se você passar por essas etapas com um sorriso no rosto, eu lhe dou os parabéns, pois muitas pessoas desistem antes mesmo de tentar novamente, ou só porque alguém disse que não gostou da sua historia.
O que é preciso para uma fanfiction ser boa? Lida e comentada?
Pergunta capciosa essa. Claro que se eu soubesse a fórmula da fic perfeita estaria ganhando dinheiro vendendo ela nos sites afora. Mas o mais importante que ter 5 mil comentários em sua história, é ter a sensação de trabalho bem feito, mesmo com 10 comentários.
Mas quem sabe, aqui, eu não consigo ajudar você a acender a lâmpada da criação na sua cabeça?

Até a próxima.

domingo, 9 de fevereiro de 2014

Guia: Denúncias (Nyah)

Denúncias no Nyah! Fanfiction, como funciona?

Todos os dias, na Central de Suporte do Nyah! Fanfiction, diversos tickets de assuntos gerais chegam para nós analisarmos. Somos três moderadoras responsáveis por essa área: Anne L, Kaline Bogard e eu, Kori Hime. Quando precisamos de uma ajudinha extra, o Michael entra em ação.

Como eu disse, são tickets com assuntos diversos, mas o campeão de envio são as denúncias. Seja de histórias ou de usuários.

As denúncias são sigilosas, ou seja, somente o moderador tem acesso a mensagem, a pessoa denunciada não saberá quem a fez. É claro que se você sair falando por aí que vai denunciar Fulano, não poderemos fazer nada caso Fulano descubra.


(Clique nas imagens)












(No Suporte)






Dúvidas? Entre em contato com o suporte do site.





terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Resenha - Desafio de Férias Nyah! Fanfiction


Foram selecionadas 10 histórias (as que tiveram mais notas) para compor o Top 10 do desafio de Férias. Com muita calma estou lendo cada uma, e acredito que chegarei lá.
Aqui são duas resenhas de histórias bem legais que vocês precisam ler, e tenho certeza que vão gostar.


 escrita por Em White


Uma história da categoria Original. A leitura é rápida e os personagens da nossa terra.
Vamos saber mais.

Um bom velhinho que passa o ano trabalhando em sua mansão, confeccionando os brinquedos com seus ajudantes, os duendes? Essa é ideia pintada na cabeça das crianças desde muito pequenas.
Mas quem realmente é o Papai Noel? Será que viver o ano todo no inverno fazendo brinquedos é algo que ele sonhou para a vida? Ou tem algo a mais nessa história que nós não sabemos?

Tudo começa quando Papai Noel desaparece no dia 23 de Dezembro. Um jornal brasileiro envia um equipe para cobrir o caso do desaparecimento do Papai Noel.
A histórias já começou me cativando por isso, a autora adicionou personagens que poderiam ser vistos no Profissão Repórter.
Joana é a repórter investigativa, ela inicia o conto entrevistando Dona Inês, a vizinha do Noel.
Tem um teor cômico nisso. As pessoas geralmente pensam no Papai Noel morando em uma mansão isolada no Polo Norte, mas aqui ele tem vizinhos. Dona Inês foi a última pessoa que viu Papai Noel, antes dele desaparecer.
Todos estão mobilizados para encontrar o Noel, inclusive o Coronel Raj Lavi da Interpol, faz uma descrição do desaparecido.

Pedimos a ajuda dos civis de todas as regiões, a vítima é gorda com barba e cabelos brancos, estava usando roupas vermelhas. Atende por: Papai Noel, Papá Noel, Babbo Natale, Santa Claus, Joulupukki...

Você consegue imaginar a cara do Papai Noel estampada naqueles cartazes de Desaparecido ou as caixinhas de leite? Eu imaginei.

A repórter Joana não se contenta com as poucas respostas da investigação. Ainda mais depois de ouvir Zé, o motorista da equipe, falar ao telefone com sua filha. Imaginar a decepção das crianças no mundo todo com o sumiço do Papai Noel, deu força para ela investigar o caso.
Sendo repórter, creio que nada mais justo que ela buscar a verdadeira versão daquela história para contar aos telespectadores.
Recebe a ajuda de Caju, o colega de equipe. Eles vão entrevistar a Mamãe Noel na mansão e tudo fica ainda mais suspeito, a Mamãe Noel decide vender a casa, alegando que trás muitas lembranças.
Durante a entrevista, Caju insiste em ir no banheiro. Longe da mansão, ele mostra para Joana a declaração de bens do Papai Noel que pegou escondido.

Agora o que a declaração de bens do Papai Noel tem a ver com seu desaparecimento? Boa pergunta. No papel alega que ele possui uma casa na Lapônia. Daí para frente Joana e Caju precisam de ajuda para desvendar o mistério do desaparecimento do Noel. Eles conseguem a ajuda do Coronel Heinz, na Lapônia. E a trama toda vai se desenrolando até que o desaparecimento do Bom velhinho (Será mesmo tão bom assim?) é decifrado e você já está com a boca aberta pensando: Mas o que?
Joana finaliza o conto, enviando as últimas notícias para o Brasil, contando sobre o desfecho da história que parou o mundo.

A história tem um teor de comédia e mistério. Sabendo que são gêneros bem difíceis de trabalhar, o autor fez o seu melhor para desvendar o mistério do desafio. O título diz muita coisa da obra. Quem é Papai Noel? Talvez ele não seja assim como seus pais lhe contaram quando você era pequeno.

+1up

 escrita por Eileen Vongola

Depois de algumas histórias com drama, suspense e finais tristes, temos uma história recheada de comédia. Coisa que me agrada bastante. Já fico satisfeita porque a história é de Sobrenatural. Tendo Sam e Dean fazendo o papel de Sam e Dean, por muitas vezes deixei de ler fanfics porque o autor acaba descaracterizando os personagens, e isso fere meus sentimentos.

Vamos a história.
Lá fora, o clima natalino paira sobre a terra. Dentro de um quarto de hotel na beira da estrada, o clima de Natal não é lá muito receptivo. Dean e Sam começam a história tal como você poderia imaginar um episódio da série Sobrenatural.
Conhecendo os dois personagens, é compreensível o tédio que se instala no quarto de hotel, diante do feriado Natalino sem nenhum caso para resolver.
Para piorar a situação, Dean está gripado e na televisão impera os filmes clássicos como O Grinch.
Mas o tédio está prestes a ser descartado, quando os irmãos Winchester recebem a visita de uma curiosa figura. Um duende, ou melhor, Steve, Secretário Sênior, Indústrias Noel S/A. Como diz seu cartão de visita.
A ideia de um duende procurá-los só não é mais louca que a notícia de que Papai Noel desapareceu um dia antes da véspera do Natal.
Para quem luta com Anjos, Demônios e todos os outros tipos de monstros, talvez encontrar Papai Noel não fosse assim a aventura mais perigosa da vida deles. Não tão perigosa, mas bem estranha.
Eles partem para o Polo Norte e descobre ali um novo mundo onde o vermelho e verde é bem utilizado, pó magico de teletransporte, a mansão Natalina e o mais importante, (No caso de Dean), a comida.
Para desvendar o mistério do desaparecimento de Noel, nada mais apropriado que interrogar os moradores da mansão. Começando pelas Renas que trabalham com Papai Noel.
Conhecemos Rudolph, a rena do nariz vermelho que fala Espanhol.
Rudolph não está muito preocupado com o desaparecimento do velho pançudo, digo, Noel. A rena dá uma boa dica para os irmãos, que podem dar continuidade as investigações, interrogando os duendes e a Mamãe Noel.
Para descobrir o que aconteceu de verdade com Papai Noel, e sua localização, Dean e Sam recorrem a boa e velha magia. Só que, para a tristeza de todos, para juntar todos os ingredientes do feitiço, levaria mais ou menos 20 dias.
E o que mais os irmãos poderiam fazer senão esperar?
Dia 14 de janeiro quando os ingredientes estavam todos em mãos, Sam e Dean finalizaram o feitiço e a Localização de Noel foi desvendada.
E onde o Papai Noel estava???? Ho Ho Ho leia para saber.

O final é um dos meus favoritos, tal como é na série, os irmãos estão no Impala, dirigindo para o Kansas, conversando sobre o que se passou. Se você conhece a série, sabe que esse final é mais do que satisfatório, visto que não existe Sobrenatural, sem Dean e Sam viajando em seu Impala.



+1up

Desafio de Férias do Nyah! Fanfiction (Resultado)


Como assim o resultado? Eu não estava sabendo de nada. - Disse o jovem perdido na internet.

Como muitos ou poucos souberam, o Primeiro Desafio do Nyah! Fanfiction terminou e o resultado saiu.
Cada história foi avaliada por 03 betas diferentes. As notas iam de 0 até 5 e no final somadas. Essa soma que será revelada para todos.
Foi avaliado o índice da história: A página onde fica a capa, sinopse, título da história, título do capítulo, notas da história, gêneros, avisos, etc. Deviam estar preenchidos corretamente e de acordo com as regras.
Segundo, a adequação ao tema proposto no desafio: A história seguia as regras solicitadas? Eu acho que fui bem explícita na proposta do desafio, e estive disponível todos os dias para tirar dúvidas.
Terceiro, o desenvolvimento da história: Como foi o progresso da história do começo ao fim.
Quarto, a originalidade e criatividade: Tendo um único tema, as histórias precisavam ser criativas para se destacarem umas das outras.
Vamos aos números:

60
Histórias enviadas
25
Histórias fora das regras: Quantidade de palavras e Adequação ao tema proposto.
04
Histórias excluídas pelos autores ou duplicadas.
25
Avaliadores


As histórias estão listadas de acordo com a ordem de envio. As histórias que violaram qualquer uma das regras propostas não fazem parte da lista. As histórias excluídas ou duplicadas também não fazem parte da lista.


Histórias
Notas
Deu a louca no Papai Noel (excluída pelo autor)
38
O Caso Natalino. (excluída pelo autor)
43
47
37
53
45
Consciência (excluída pelo autor)
52
59
36
47
51
De Nicolau, para o Mundo. (excluída pelo autor)
54
50
57
53
33
Um Natal Atrasado (excluída pelo autor)
49
52
48
51
48
26
36
O frio natalino (excluída pelo autor)
18
51
Frozen Air (excluída pelo autor)
31
56
40
43
49
17
58


As 10 melhores avaliadas (após o desempate de notas iguais) que receberão uma resenha (cada)
na Liga dos Beta, mais uma divulgação no facebook do Nyah! Fanfiction:

Ranking
Histórias
Betas
Notas
1º
Gaunt escrita por Lorde Noah
Salow (Liga dos Betas)
58
Rodrigo Hairo (Liga dos Betas)
57
GabsBooBearJujubaVerde
56
luud-chan (Liga dos Betas)
54
Annye (Liga dos Betas)
53
Kori Hime
53
Anne (Liga dos Betas)
52
Jean Claude (Liga dos Betas)
52
Caso Papai Noel escrita por Frida
Just Another Shadow (Liga dos Betas)
51
10º
Holly Robin (Liga dos betas)
51


A menção honrosa vai para:

Histórias
Beta
Notas

Holly Robin (Liga dos betas)
59

Halina (Liga dos Betas)
51

Leila (The Escapist) recebeu a maior nota do desafio, no entanto, ela não entrou para a lista dos 10 melhores pois foi aceita na Liga dos Betas dias antes de terminar o prazo de inscrição do Desafio. Mas ela enviou seu conto quando ainda não era beta da Liga.

Sakuranee, por ter recebido a nota 51, assim como outras duas histórias, mas no desempate acabou ficando no décimo primeiro lugar.


Kori Hime (Eu mesma) de nada